Ana Hickmann volta a ser perseguida pela web, afirma marido

Ana Hickmann volta a ser perseguida pela web, afirma marido - Foto: Reprodução/Instagram

Ana Hickmann volta a ser perseguida pela web, afirma marido – Foto: Reprodução/Instagram

Depois de um tempo de paz, Ana Hickmann voltou a ser perseguida pela internet. Quem deu a informação foi o seu marido, Alexandre Correa, que falou sobre a situação no Instagram nesta quarta (25).

Em entrevista ao programa Fofocalizando, do SBT, Alexandre contou que Ana tem passado pelo estresse de sofrer perseguição em suas redes sociais novamente. Para quem não se lembra, ela já foi vítima de stalkers: um homem chamado Rodrigo de Pádua invadiu o quarto de hotel onde a apresentadora estava e foi impedido por Gustavo Correa, irmão de Alexandre, que acabou matando o homem.

“Através dos nossos advogados já tomamos medidas que podem ser tomadas no momento. Eles têm uma cartilha a ser seguida, é o que temos para fazer”, disse Alexandre.

O marido de Ana também comentou sobre o estresse e o trauma que ela passa por conta dos eventos passados: “Como o Rodrigo obteve êxito? Eu nengligenciei a segurança da Ana. Nós não levamos a a sério. Por isso ele teve êxito. Meu irmão é um herói, mas ainda aarrasta um processo na Justiça. Tenho uma esposa traumatizada. Isso não é brincadeira. Esse infeliz está agindo exatamente como o Rodrigo: no ataque, na multiplicidade de mensagens, no uso de baixo palavreado, querendo humilhar a Ana. É cola e copia. A Fabiana, nossa assessora, está estarrecida. Ela falou: ‘é o Rodrigo de novo’. E foi aí que acendeu a luz e tomamos uma sequência de medidas”, explicou.

“Ele já trocou de perfil seis vezes, não é nenhum idiota. É gente com tempo, que tem domínio de rede social e maldade no coração. O Rodrigo era um garoto que tinha uma vida boa. Esse rapaz com certeza deve seguir o mesmo ritual”, falou, emocionado. “É muito triste, a gente mal se restabeleceu de um solavanco desses. Meu irmão conseguiu findar o processo criminal e já estamos de novo com isso na nossa vida. Precisamos levar com um pouco de frieza para não enlouquecer”, ponderou.

 

 

Comentários