Mariana Rios critica consumo exagerado de álcool nos bloquinhos: “Ajudei chamar uma ambulância para uma menina”

Mariana Rios criticou o consumo exagerado de álcool nos bloquinhos de carnaval - Foto: Reprodução/ Instagram

Mariana Rios criticou o consumo exagerado de álcool nos bloquinhos de carnaval – Foto: Reprodução/ Instagram

Mariana Rios recorreu ao Instagram Stories, na tarde desta segunda-feira (25/02), para contar que “ficou horrorizada” ao ver o consumo exagerado de bebidas alcoólicas em um bloquinho de carnaval de rua.

Na rede social, a atriz compartilhou uma série de vídeos na qual critica o “estado” de alguns foliões que encontrou na rua:

“Oi gente, tudo bem? Ontem eu vi umas cenas quando passei perto de um bloquinho que eu fiquei em choque. Mesmo hoje, a gente com internet, toda a informação, tudo ao nosso alcance, assistir pessoas caídas no meio da rua, na calçada, quatro horas da tarde, completamente bêbadas e perdidas… Com grupo de amigos em volta filmando, uns rindo, outros tentando chamar a ambulância”, começou.

“Ajudei a chamar uma ambulância para uma menina”

Visivelmente perplexa, Mariana Rios contou que ela mesma procurou uma ambulância após ver uma moça no chão:

“Eu vi muita coisa. Eu estava almoçando, e quando deu quatro horas da tarde, fui caminhar ali na rua. Eu fui vendo as pessoas que tinham saído do bloco em varias situações. Foi feio mesmo, foi horrível ver a situação delas. Eu lembro que tinha uma menina que estava no meio da rua, jogada, estava toda vomitada… Uma amiga gritava, as outras pessoas filmavam em volta. A gente foi até a esquina chamar um guardinha para chamar a ambulância para ela. A gente precisa muito colocar a mão na consciência, ainda mais nesta época de carnaval, que as pessoas eu vejo que elas se jogam mesmo, parece que não tem amanhã, sabe?”, continuou.

Nos registros, a atriz aproveitou para chamar a atenção para os problemas do alcoolismo e drogas ilícitas, e cita o caso do ator Fábio Assunção:

“Essa coisa de bebida, de ‘eu não uso drogas, só bebo’ é muito séria. Todas as pessoas têm problema. Todo mundo passa por problemas na vida, às vezes a gente se sente mais vulnerável e recorre a esse tipo de coisa. O uso da droga desencadeia depressão, transtorno de pânico e bipolar entre tantas outas coisas na vida da gente. Então para que começar com uma coisa assim?”, completou.

Veja abaixo.

LEIA MAIS

Bruna Lombardi faz abdominal de ponta cabeça
Mãe loira do funk posa de biquíni e é elogiada
Anitta é elogiada por celulites em Bola Rebola
Viviane Araújo arrasa em ensaio de rua da Salgueiro
Carnaval: Dani Sperle cortou carboidrato do cardápio
Lívia Andrade: “Não ligava para beleza e boa forma”

Veja mais notícias de Famosos.

Comentários