Morre Sabrina Bittencourt, ativista que ajudou a desmascarar João de Deus

Sabrina Bittencourt faleceu ontem, dia 2 de fevereiro – Foto: Reprodução/Facebook

Este domingo (3) começou com uma nota triste.

Morreu em Barcelona, na Espanha, a ativista Sabrina Bittencourt. Ela ficou recentemente famosa por ter ajudado as vítimas de João de Deus, médium antes tido como uma das maiores referências espiritais do mundo, a conseguirem ganhar os holofotes e mostrar a verdadeira face do homem, que abusou sexualmente de dezenas de mulheres durante sua carreira e que se encontra preso em Goiás.

Sabrina ajudou, através da ONG Vítimas Unidas – para a qual ela trabalhava – a desmascarar o médium e também deu apoio às suas vítimas no primeiro momento, quando ainda eram desacreditadas por conta da fama e do poder de João de Deus. Segundo Maria do Carmo Santos, presidente da ONG, Sabrina se suicidou na noite de sábado.

Em um post no Facebook, ela deixou a sua carta de despedida. O texto foi retirado do ar e, em respeito a Sabrina e também a seus familiares e amigos, não iremos reproduzi-la aqui.

Sabrina deixa um legado gigantesco para as vítimas de abuso sexual – ela mesma foi uma dessas vítimas, como ela sempre afirmava em entrevistas – e também um exemplo de luta e garra.

Comentários