Porque algumas mulheres ficam com a voz grave quando malham muito? Especialista explica

Treinar em excesso faz aumentar a produção de testosterona no corpo da mulher, e este é um dos fatores que podem mudar o timbre de voz

Treinar em excesso faz aumentar a produção de testosterona no corpo da mulher, e este é um dos fatores que podem mudar o timbre de voz

Característica que chama a atenção em mulheres que praticam treinos de musculação pesados com regularidade, a mudança no tom de voz (do agudo para o grave), ao contrário do que muita gente pensa, não está diretamente ligada ao uso de anabolizantes ou qualquer tipo de substância para melhorar o rendimento durante a atividade física.

Para sanar as dúvidas em torno do assunto de uma vez por todas, o CENAPOP procurou uma especialista em metabologia, a Dra. Berenice Edna, que deu um parecer esclarecedor que deverá ajudar muita gente que gosta de malhar.

Segundo ela, a mudança do tom de voz na mulher pode acontecer por vários motivos distintos, mas o principal (no caso de quem treina muito) é o aumento da testosterona, hormônio masculino presente em menor quantidade no corpo das mulheres.

De acordo com a Dra. Berenice, a voz mais grave é um dos efeitos colaterais do aumento da testosterona proveniente da atividade física pesada frequente.

Treinar em excesso faz aumentar a produção de testosterona no corpo da mulher, e este é um dos fatores que podem mudar o timbre de voz

Treinar em excesso faz aumentar a produção de testosterona no corpo da mulher, e este é um dos fatores que podem mudar o timbre de voz

Além da testosterona, a especialista chamou a atenção para outro fator que pode “engrossar” consideravelmente a voz; o uso demasiado do fumo.

Ao ingerir a fumaça do cigarro, as cordas vocais ficam ressecadas, e o tom da voz mais grave. Se usado por muito tempo, a mudança poderá se tornar irreversível.

Outro ponto abordado pela especialista foi o uso de anabolizantes, substâncias que também causam problemas nas cordas vocais por aumentar consideravelmente a quantidade de testosterona no corpo.

É possível prevenir a voz grossa?

Segundo explicou a Dra. Edna, as cordas vocais são músculos localizados em nossa garganta que vibram com a passagem de ar, resultando assim no som que define o timbre da voz.

Para a especialista, é possível prevenir e até reverter a mudança no tom da voz derivada do exercício físico em excesso, mas é preciso um diagnóstico rápido, já que os músculos que formam as cordas vocais podem se desgastar demais com o tempo, e sem tratamento, podem não retornar ao que eram antes.

Algumas práticas ajudam a prevenir essa mudança:

Comer maçãs: a fruta é ótima para “limpar” as cordas vocais.
Evitar o fumo: essa é importante. Fumar resseca as cordas vocais e piora a situação, fazendo com que ela se deteriore mais rápido.
Beber bastante água: a hidratação das cordas vocais é determinante para evitar problemas futuros.
Evitar alimentos gordurosos: eles podem causar refluxo, condição que também causa danos às cordas vocais.
Se notar alguma mudança, não use pastilhas para a garganta: elas não melhoram a situação, apenas escondem os sintomas.

Qualquer rouquidão na voz que perdure por mais de uma semana deve ser investigada. Procure um especialista – um otorrinolaringologista – para ter um diagnóstico mais preciso e receber as orientações corretas de tratamento. Nunca use hormônios (como testosterona) por conta própria, e mantenha a higiene bucal para manter as cordas vocais saudáveis.

LEIA MAIS

Mari Antunes exibe barriga sarada de biquíni
Apresentadora da Globo perdeu 71 quilos
Marcelo D2 diz que recebe ameaças de morte
Letícia Santiago exibe corpão de biquíni
Thais Carla chora ao relatar ataques na web
Vídeo: O casório de Laura Neiva e Chay Suede

Veja mais notícias de Famosos.

Comentários