“A Simone me salvou de cometer suicídio”, revela Renata Banhara

Renata Banhara contou que foi salva por Simone, da dupla com Simaria, durante bate-papo com Antônia Fontenelle – Foto: Reprodução/ Instagram

Convidada do Na Lata, programa para YouTube comandado por Antônia Fontenelle, Renata Banhara contou que Simone, que faz dupla com a irmã Simaria, a salvou de cometer suicídio.

Enfrentando graves problemas de saúde, a modelo deu um relato dramático e falou abertamente sobre a traição e as agressões que sofreu do ex-marido, com quem foi casada por 8 anos, do problema grave de saúde que vem enfrentando, e lembrou a vez em que tentou suicídio.

No vídeo, Renata explica que só não tirou a própria vida porque foi procurada por Simone [da dupla com Simaria], que a aconselhou ir para um retiro espiritual, algo que acabou curando sua depressão.

Renata Banhara desabafou durante sua participação no programa de Antônia Fontenelle – Foto: Reprodução/ YouTube

“Eu cheguei a tamanho desespero, que há três semanas eu tentei o suicídio. Eu tomei tudo o que eu tinha em casa… peguei meus documentos e deixei no quarto do meu filho mais velho. Tomei todos os remédios, fiz um coquetel. Rezei um Pai Nosso, uma Ave Maria, pedi perdão a Deus, e pedi para dormir e acordar ao lado dele”, contou, visivelmente emocionada.

“Nesse meio tempo, a Simone ficava mandando mensagem para mim. Eu a conheço desde a época do Frank [a sertaneja era dançarina do cantor na época]. Ela escreveu: ‘Vou te mandar para um retiro espiritual, com tudo pago’. Eu tomei todos os remédios e fui dormir. Acordei no outro dia sem dor de cabeça, sem ânsia [após tomar o coquetel]. Eu tinha certeza que ia acordar ao lado de Deus”, desabafou.

“A Simone nem sabe ainda que eu fui, essa semana passou correndo. Ela fez tudo por mim. Ela não tem noção do que ela fez na minha vida. Eu sai de lá com vontade de viver, com brilho nos olhos e muita esperança. Eu já não tinha mais esperança de nada. Eu tomei 28 dormonids e um copinho de rivotril”, relatou Renata.

Ao relembrar o seu último casamento, com um empresário que ela se recusa a falar o nome, mas com quem passou oito anos casada, a modelo disse que foi traída na própria cama, enquanto estava internada para tratar problemas de saúde:

“Eu inválida… olha o grau de ‘canalhice’. Inválida, doente, eu não estava levantando da cama para fazer xixi, fazia em comadre. Fui traída na minha cama enquanto estou internada ainda. Tem um grau de maldade maior. Na minha cama, porque existe motel e hote. A minha cama é o meu âmago. É minha vida. Sou traída na minha cama, depois sou espancada. Há um abandono financeiro durante todo esse período e ainda ele entra com um ofício extrajudicial com as emissoras, as ameaçando, colocando medo psicológico, que eu sofri. Eu me desestabilizei emocionalmente demais. Eu fui ao nível da loucura”, desabafou.

LEIA MAIS:

Bruno fala sobre o casamento com Yanna
Serena Williams desabafa sobre maternidade
Sobrinha de Britney posa com arma de fogo

Veja mais notícias de Famosos.

Comentários