Alice Wegmann fala sobre cena de estupro e relembra assédio fora da telinha: “Foi desesperador”

Maria (Alice Wegmann) é perseguida pelo segurança de Pedro, Jurandir (Rodrigo Garcia) – Foto: TV Globo/ Estevam Avellar

Intérprete de Maria na série Onde Nascem os Fortes, Alice Wegmann contou eu precisou “dar uma espairecida” após gravar a cena de uma tentativa de estupro de sua personagem.

Na história, a jovem tem a vida virada do avesso após o sumiço do irmão, Nonato (Marco Pigossi). Transtornada com a situação, ela procurará por respostas na fábrica de Pedro (Alexandre Nero), o homem mais poderoso da cidade.

No desenrolar da trama, ela será atacada pelos capangas dele, que também é o suspeito número 1 do sumiço de seu irmão.

Com teor emocional elevado, Alice contou que a cena é foi a mais forte que já fez em sua vida, e que precisou de um tempo para se recuperar:

Alice Wegmann contou que precisou de um tempo para se recuperar após gravar cena de tentativa de estupro – Foto: TV Globo/ Estevam Avellar

“Essa foi a cena mais forte que já fiz na vida e foi gravada no dia do meu aniversário (3 de novembro). Na hora de gravar, pensei nas mulheres que já sofreram uma tentativa de estupro. Quando terminou, precisei sair, dar uma espairecida, ver o pôr do sol. Refleti muito”, revelou.

À coluna TV e Lazer do jornal Extra, a atriz contou que a ficção acabou trazendo à tona uma situação desconfortável pela qual passou:

“Essa sequência mostra a força que Maria tem, além de representar milhões de mulheres. Em algum momento, todas nós passamos por algo desconfortável. Eu passei por uma situação muito chata, na qual me senti impotente”, disse.

“Estava no carro com umas amigas após sair de um restaurante, e um senhor com cerca de 50 anos apareceu na nossa frente, viu que no carro só tinha mulheres, abaixou o short e começou a se masturbar. Não sabíamos o que fazer. Foi desesperador”, lembrou.

“Até que que veio uma força em mim, abaixei o vidro e gritei. Ele se assustou, os garçons do restaurante perceberam e chamaram uma viatura policial. Essa é apenas uma situação, mas imagina quantas mulheres passam por isso todos os dias no transporte público?”, alertou.

Feminista assumida, a atriz contou que a luta para abolir o machismo da sociedade é diária:

“Levanto a bandeira do feminismo. Temos que reeducar a sociedade. É um trabalho de formiguinha”, completou.

LEIA MAIS:

Mayra Cardi revela desejo de grávida
Ana Maria mostra resultado de pescaria
Juliana Didone mostra o rostinho da filha

Veja mais notícias de Famosos.

Comentários