Bruna Marquezine rebate ataque de seguidor em post sobre Marielle Franco: “Não precisamos de ódio”

Bruna Marquezine é ataca da web e pede: “Não precisamos de ódio” – Foto: Reprodução/ Instagram/ @jorgebispo

Bruna Marquezine usou sua página no Instagram, na noite da última quinta-feira (15/03), para comentar o assassinato de Marielle Franco, vereadora do PSOL morta nesta quarta-feira (14/03), e acabou sendo atacada verbalmente por um de seus seguidores.

Na rede social, a artista escreveu:

“A Marielle não pode ser só mais uma. Não pode ser só mais um ano de guerra na Síria. Todas essas vidas não podem apenas virar estatística, elas não são só um número. Eu não consigo e nem quero pensar em algo mais grave que possa acontecer, aqui no nosso país, ou no mundo. Esse tem que ser o limite. Chega de tolerar o inaceitável!”, diz um trecho da mensagem.

A atriz ainda pede por amor, paz e justiça no final do texto:

“Vamos à luta, vamos atrás de mudança, vamos exigir nossos direitos, vamos resistir, persistir, mas com AMOR. Só o amor pode mudar o mundo, e a falta dele também. #LUTO #AMOR #PAZ #JUSTIÇA”, continuou.

Ao ler as mensagens postadas pela atriz, um internauta reagiu com agressividade, e escreveu:

“Mais uma idiotizada da Globo. Ô povinho que gosta de se promover às custas dos outros. Oportunistas. Sim, oportunistas! Não quero crer que essa futura atriz tenha de fato compartilhado esses pensamentos imbecis dos autores dos textos”, escreveu.

Bruna Marquezine rebateu o rapaz e respondeu:

“Quanta agressividade, Lucca. Pra que tentar me ofender? Só porque você não concorda com a minha maneira de pensar? Exponha sua opinião de maneira educada aqui, respeitando a minha. Ou então use sua página e sua voz pra isso. Não é preciso atacar ninguém. Não precisamos de mais ódio e violência”, devolveu.

LEIA MAIS:

Britney Spears exibe cintura fina em treino em casa
Geisy Arruda planeja filho de produção independente
Graciele Lacerda renova o botox e mostra vídeo

Veja mais notícias de Famosos.

Bruna Marquezine responde seguidor que a atacou na web: “Não precisamos de ódio” – Foto: Reprodução/ Instagram