Cães e gatos precisam ser vacinados contra a febre amarela?

Cães e gatos não são hospedeiros do vírus da febre amarela – Foto: Pixabay/ Montagem CENAPOP

Preocupados com o avanço da Febre Amarela em algumas cidades do país, muitos donos de cães e gatos estão procurando hospitais veterinários para saber se seus pets precisam ser vacinados.

A dúvida persiste principalmente por que alguns macacos, símios e lêmures contraem a doença.

Existem dois tipos de febre amarela; a silvestre, principal preocupação no momento, e a urbana. Ambas são doenças infecciosas causadas por vírus e transmitidas pela picada dos mosquitos.

Os mosquitos que transmitem a Febre Amarela silvestre (Haemagogus e Sabethes) são encontrados principalmente em regiões de mata. Quando picam um macaco contaminado (hospedeiro do vírus), eles transmitem o vírus para outros símios.

Já a Febre Amarela urbana é transmitida principalmente pelo Aedes Aegypti, que tem capacidade de transportar o vírus, e é mais comum nas cidades. Esses mosquitos picam os homens, que são considerados hospedeiros acidentais, e transmitem a doença.

Cães e gatos não são considerados hospedeiros finais, intermediários ou acidentais. Os pets não oferecem as condições necessárias para serem hospedeiros dos vírus. Mesmo que sejam picados pelo mosquito, o vírus não se desenvolve ou se reproduz.

Sendo assim, cães e gatos não precisam tomar a vacina contra a febre amarela, pois não podem contrair a doença.

Com informações do blog Pet Care.

LEIA MAIS:

Dar banho nos pets em casa exige cuidados; veja
Vai vacinar o seu cão? A diferença da V8 e V10
Gata de idoso muda completamente após resgate

Veja mais notícias sobre Pets.

Comentários