Thiago Lacerda e Nathalia Dill aparecem caracterizados para “Orgulho e Paixão”

Próxima novela das seis, Orgulho e Paixão, de Marcos Bernstein, teve uma série de novas imagens liberadas nesta terça-feira (23/01).

Nas fotos, é possível ver os protagonistas Darcy (Thiago Lacerda) e Elisabeta (Nathalia Dill) no maior clima de romance.

Inspirada nas obras de Jane Austen – a trama principal é baseada em Orgulho e Preconceito, por exemplo –, a história mostrará os esforços de Ofélia Benedito (Vera Holtz) para casar as cinco filhas: Elisabeta (Nathalia Dill), Mariana (Chandelly Braz), Jane (Pamela Tomé), Cecília (Anaju Dorigon), e Lídia (Bruna Griphão).

Apostando todas as fichas no matrimônio, a matriarca da família Benedito criou as filhas como um projeto de vida. Ao contrário do gosto do marido, Felisberto Benedito (Tato Gabus Mendes), ela se vira nos 30 para conseguir um bom partido para as filhas.

Jovem libertária e cheia de sonhos, Elisabeta é mais ousada, e seu comportamento é criticado até por sua melhor amiga; Ema Cavalcante (Agatha Moreira).

Ema (Agatha Moreira) – Foto: TV Globo/ João Miguel Júnior

Moça de família tradicional, Ema é neta do Barão de Ouro Verde (Ary Fontoura), e casamenteira oficial do fictício Vale do Café, vilarejo no interior de São Paulo.

Desejando conquistar o mundo, Elisabeta entra em conflito consigo mesma ao conhecer Darcy, um homem de caráter admirável e com posição social totalmente oposta à sua.

Rico e aristocrata, ele desperta nela uma paixão arrebatadora, que a faz temer seu próprio destino, já que não se imagina casada, como todas as mulheres de sua época.

Darcy, por sua vez, se vê desafiado por uma camponesa e sua forte presença, que o faz questionar seus preceitos tradicionalistas. O curso do relacionamento de Elizabeta e Darcy poderá ser decidido quando ele superar seu orgulho e ela se deixar levar pela paixão.

As mulheres da família Benedito: Ofélia ( Vera Holtz ) e as filhas: Elisabeta (Nathalia Dill); Jane (Pamela Tomé); Cecília (Anaju Dorigon); Lídia (Bruna Griphão) e Mariana (Chandelly Braz) – Foto: TV Globo/ João Miguel Júnior

Casarões antigos servem de cenário

Como se passa em uma época distante, a TV Globo optou por usar casarões antigos das fazendas de café do início do Século XX como cenários.

As locações ficam em Vassouras e Valença, no interior do Rio de Janeiro. As gravações dos primeiros capítulos começaram no início de dezembro.

“A escolha dessas locações foram feitas justamente para que haja uma diversidade de paisagens, com cachoeiras, matas, cafezais, de forma a criar um jogo de imagens, trazendo uma riqueza geográfica que ressalte a delicadeza que Orgulho e Paixão vai mostrar ao telespectador”, revelou o diretor artístico Fred Mayrink.

“Para o trabalho é incrível essa vivência de viajar com a equipe. Vamos poder levar para o estúdio essa experiência de campo, com essas sensações que vivenciamos, com uma energia e astral muito bons”, completou Nathalia Dill.

“A novela terá emoção, drama e comédia, sempre permeados pelo clima romântico que envolve a trama como um todo”, complementou o autor Marcos Bernstein.

Na segunda etapa de gravações, iniciada em janeiro, toda a equipe da novela partiu rumo às cidades de Mariana, Carrancas e Lavras, em Minas Gerais. Os cafezais, ferrovias, e cachoeiras dessas regiões terão grande destaque na trama.

Após as cenas externas, equipe e elenco voltam à capital fluminense para o início das gravações no Rio de Janeiro, onde serão gravadas as primeiras cenas na cidade cenográfica a partir desta sexta-feira (26/01).

LEIA MAIS:

O Outro Lado: Vanessa chantageia Sophia e é morta
Manoela Aliperti comenta o namoro de Lica e Samantha
Deus Salve o Rei: Amália desiste de casar com Afonso

Veja mais notícias de novelas.

Comentários