Mariah Carey relembra perrengues antes da fama: “Dormia no chão, sem comida”

Mariah Carey em seu ensaio para a revista Paper – Foto: Reprodução/ James White

Aos 47 anos, Mariah Carey coleciona muitos recordes na carreira, milhões de fãs, e… problemas de autoestima.

Numa entrevista ao jornal New York Post, a cantora contou que até hoje sofre de uma insegurança profunda.

Filha de mãe branca e pai negro, Mariah nasceu no interior de Nova York, nos EUA, e batalhou bastante até chegar ao estrelato.

À publicação, a artista relembrou alguns dos perrengues que passou antes da se tornar uma grande cantora e viver uma vida de rainha:

“O que me lembro é que não era nada fácil fechar contrato com uma gravadora. Eu gravava as demos na calada da noite, dormia no chão do estúdio, sem comida, completamente falida. Só me alimentava de alface. Minha amiga e eu comíamos macarrão a semana inteira”, explicou.

A fama, o luxo e a riqueza, no entanto, não apagaram algumas questões do passado, e ainda contribuíram para mais um problema; a desconfiança.

Mariah Carey estampa a capa da revista Paper deste mês fazendo topless – Foto: Reprodução/ James White

“Sempre sofri com baixa autoestima e as pessoas não reconhecem isso. Crescer desta maneira, ser birracial e não saber onde me encaixar direito… É por isso que a música se tornou uma parte tão grande na minha vida. Algumas coisas foram superadas, mas às vezes é difícil baixar a guarda”, continuou.

Ao falar sobre desconfiança, Mariah disse que se pergunta se as pessoas estão falando a verdade, ou se estão apenas querendo tirar algum proveito:

“Às vezes penso: ‘eles realmente estão falando a verdade ou não?’ E é assim com todo mundo, não somente com três ou uma pessoa em especial”, completou.

Veja mais notícias de famosos.

Mariah Carey em seu ensaio para a revista Paper – Foto: Reprodução/ James White

Mariah Carey em seu ensaio para a revista Paper deste mês fazendo topless – Foto: Reprodução/ James White

Comentários