Kim Kardashian e Kanye West contratam barriga de aluguel para aumentar a família

Kim Kardashian e Kanye West contrataram uma barriga de aluguel para aumentar a família – Foto: Reprodução/ Instagram

Decididos a aumentar a família, Kim Kardashian e Kanye West resolveram contratar uma barriga de aluguel.

Segundo o site TMZ, o casal optou por gerar a criança em outra barriga por medo de a socialite sofrer complicações durante o parto.

Ainda de acordo com a publicação, o contrato para gerar o irmãozinho(a) para North West, de 4 anos, e Saint West, de 1 ano, é extenso, e inclui multas em caso de a gravidez não correr como o esperado.

Para contratar uma barriga de aluguel, o rapper e a socialite pagaram 69 mil dólares (o equivalente a R$ 230 mil) para uma agência especializada, e esse não é o único investimento que o casal terá que fazer.

No contrato, o casal ficou responsável de pagar mais US$ 45 mil (em torno de R$ 150 mil) divididos em 10 meses, durante a gestação. O investimento total será de R$ 380 mil, mas isso se a contratada não tiver complicações no parto, e se não pintarem gêmeos.

No caso de nascer mais de um bebê, Kim e Kanye terão que incluir mais US$ 5 mil por criança na conta, e arcar com outros US$ 4 mil caso a mulher perca, por algum motivo, seus órgãos reprodutores.

Kim e Kanye também fizeram restrições quanto a alimentação da gestante; a contratada não poderá ingerir bebida alcoólica, fumar ou usar drogas durante a gestação.

Ter relação sexual nas três semanas antes da inseminação, utilizar sauna ou banheiras de hidromassagem, e manipular fezes de animais também estão entre as atividades proibidas.

O contrato diz ainda que Kim e Kanye serão responsáveis legais pela criança, mesmo se o bebê nascer com problemas congênitos e deformidades.

Kim foi diagnosticada com placenta acreta

Após o nascimento de North e Saint West, os médicos diagnosticaram Kim Kardashain com placenta acreta.

Nesta condição, que é considerada uma complicação obstétrica grave, a placenta gruda de forma anormal à decídua ou à parede uterina.

As mulheres que possuem acretismo placentário correm um risco maior de hemorragia durante o parto, e geralmente necessitam de cirurgia para conter o sangramento.

Em formas mais graves, a condição pode levar a uma histerectomia ou até ser fatal. Estima-se que 1 em casa 25 mil mulheres sofram com o acretismo placentário em todo o mundo.

Veja mais notícias de famosos.

Kim Kardashian e Kanye West com as filhas, North West, de 4 anos, e Saint West, de 1 ano – Foto: Reprodução/ Instagram

Comentários