“Quanto mais purpurina melhor”, diz Rodrigo Hilbert, após encarnar drag queen na TV

Rodrigo Hilbert participou de Amor & Sexo como drag queen – Foto: TV Globo/ César Alves

Rodrigo Hilbert roubou a cena com sua participação misteriosa no Amor & Sexo desta quinta-feira (02/03).

Durante todo o programa, Fernanda Lima instigou os telespectadores a descobrirem quem era a misteriosa drag queen que estava no palco.

No final da atração, a apresentadora revelou a identidade da personagem, e pegou muita gente de surpresa; a drag queen era Rodrigo Hilbert, o marido de Fernanda.

Na madrugada desta sexta-feira (03/03), Rodrigo usou sua página no Instagram para falar sobre sua performance: “Quanto mais purpurina melhor. Te amo”, disse ele, devolvendo a declaração de amor feita por Fernanda durante a atração.

A apresentadora também usou sua página na rede social para agradecer: “Foi lindo Brasil! Obrigada pelas mensagens. Respeito à diversidade sempre”, escreveu. A parceria dos dois foi um dos assuntos mais comentados do Twitter na manhã desta sexta-feira.

Antes do programa ir ao ar, Rodrigo já havia falado sobre o a transformação: “Não sabia que era tão difícil essa arte. É lindo, maravilhoso”, contou o apresentador.

Foram cerca de quatro horas de preparação, figurino e maquiagem, até a transformação final. “Primeiro, tirei a barba, que já estava há muito tempo. Aí faz o olho, apaga a sobrancelha, começa a transformar. Depois que fez a boca, eu olhei o espelho e pensei: ‘Não sou eu’. Ninguém percebeu. Nem as pessoas que me conhecem, com quem eu bati papo, conversei, não perceberam. A surpresa, no final, foi ótima”, lembrou ele.

A ideia surgiu em casa com Fernanda que, além de apresentadora, participa do roteiro e acompanha a produção do programa, conversando sobre a procura de uma personalidade heterossexual para participar da atração, numa homenagem ao quadro Bishow, sucesso da temporada passada.

“Eu fiquei com isso na cabeça, mas não falei nada. Normalmente prefiro ficar em casa quieto com as crianças, mas, quando ela voltou no assunto, eu falei: ‘Amor, eu vou ser a drag que você está procurando’. Ela não acreditou”, diverte-se Rodrigo.

Orgulhoso do trabalho da mulher, ele viu no tema a oportunidade perfeita de voltar a participar da atração:

“Acho que a gente precisa fazer isso e eu me sinto na obrigação de defender a causa e o orgulho LGBT. Não é só o gay que tem que lutar por isso e foi o que pesou bastante na decisão de estar ali. O programa foi bem educativo, a gente aprendeu de uma forma didática e divertida. Espero que as pessoas de casa também aprendam e que esse show que fizemos no palco possa ser levado para a vida e sirva de exemplo”.

Rodrigo Hilbert participou de Amor & Sexo como drag queen – Foto: TV Globo/ César Alves

Rodrigo Hilbert participou de Amor & Sexo como drag queen – Foto: TV Globo/ César Alves

Minha Drag ??#BiShow #amoresexo17 #rodrigohilbert

Uma publicação compartilhada por Fernanda Lima (@fernandalimaoficial) em

Eu queria mandar um beijo pra minha mãe, um beijo pro meu pai e um beijo pro Malafaia!!!! #lacrou #rodrigohilbert #fernandalima

Uma publicação compartilhada por Nando Pastore (@nandopastore) em

? #rodrigohilbert chocado!!!?????? #amoresexo2017 @fernandalimaoficial seu programa ta desconstruindo preconceitos!!!

Uma publicação compartilhada por Renato Andrade (@renatoandrade) em

#FernandaLima rasgou elogios ao marido nos @bastidorestv ?. “A drag misteriosa dessa noite é o #RodrigoHilbert, ele estava quietinho ali no cantinho, cantando. O Rodrigo é um homem cheio de atributos femininos… que ele cozinha todo mundo sabe, mas ele também passa, lava, cuida quase que integralmente das crianças nesse período em que estou gravando o #AmorE Sexo ? e ainda faz tricô. Eu amo esse homem!”, derreteu-se Fernanda. Rodrigo explicou um pouco o porquê das habilidades femininas, falou sobre a criação dos filhos e parabenizou a amada: “Acho que esses atributos femininos são da minha criação, sou muito próximo da minha mãe, das minhas tias, da minha vó. Cresci muito nesse meio feminino, apesar de vir de uma cidade do interior, com uma criação machista, mas é o que a gente não leva para a nossa casa hoje. Eu trago isso pra minha vida e não passo nada de machismo para os nossos filhos, aprendo muito com a minha mulher e com esse programa que está mexendo com o Brasil. Parabéns!”, disse.

Uma publicação compartilhada por Amor e Sexo ? (@pgmamoresexo) em

Comentários