Cifras milionárias! 30 famosos que já fizeram seguro de partes do corpo

Já pensou em fazer seguro de alguma parte do seu corpo? Apesar de insólita, essa modalidade de seguro de acidentes pessoais existe e pode ser contratada por qualquer pessoa.

Mais comum no meio artístico, essa “segurança extra” para partes do corpo já vem sendo usada há décadas. A atriz Betty Grable, uma das mais bem pagas de Hollywood na década 40, foi uma das primeiras a contratar um seguro do tipo. Em meados de 1950, ela assegurou as pernas em US$ 1 milhão.

No Brasil, a pioneira é Claudia Raia. Em 1993, a atriz e dançarina fez um seguro no valor de R$ 1 milhão para as pernas. Na época, ela estava apresentando o espetáculo Não Fuja da Raia.

O “item assegurado” varia bastante. O piloto espanhol Fernando Alonso, por exemplo, fez um seguro de €10 milhões para os polegares. Já o ator Daniel Craig, que adora gravar cenas de seus filmes sem usar dublês, adquiriu uma apólice de US$ 10 milhões na época em que estava filmando 007 Contra Spectre.

Apesar de pouco difundido, o seguro para partes do corpo pode ser adquirido por qualquer pessoa que tenha interesse.

Não é exclusividade dos famosos

Segundo Arivaldo Bracco, especialista em seguro de vida e Coordenador da Comissão de Saúde do Sindicato dos Corretores de Seguros de São Paulo, qualquer pessoa pode adquirir um seguro com um adendo que valorize alguma parte do corpo.

“Qualquer pessoa que exerça uma atividade que dependa de uma parte específica do corpo pode querer contratar um seguro desta modalidade”, explicou.

“Existe uma tabela de agravo para este tipo de seguro. O contratante geralmente paga um valor a mais e agrava o custo do seguro em caso de um acidente. Um cirurgião, por exemplo, poderia fazer o seguro do polegar. Caso aconteça algo que o faça perder o movimento, e isso o impeça de trabalhar, ele recebe o valor integral do seguro”, completou.

Na galeria acima, reunimos algumas celebridades que já optaram por fazer seguros de partes do corpo em algum momento de suas carreiras. Para ver tudo na página, clique aqui.

Comentários