Negra Li comenta caso de racismo na web e diz: “Não me abala mais”

Negra Li teve seu site oficial hackeado com frases racistas - Foto: TV Globo

Negra Li teve seu site oficial hackeado com frases racistas – Foto: TV Globo

Uma das convidadas do programa Encontro com Fátima Bernardes desta quinta-feira (7/7), a cantora Negra Li comentou o episódio de racismo que sofreu no início da semana, quando teve seu site modificado por um hacker.

Ao falar sobre o caso, a cantora contou que o episódio já “está resolvido”, e que esse tipo de ataque não a incomoda mais:

Negra Li teve seu site oficial hackeado com frases racistas - Foto: Reprodução/ Instagram

Negra Li teve seu site oficial hackeado com frases racistas – Foto: Reprodução/ Instagram

“A gente está sujeita a isso. É um preço que se paga pela fama. Estou bem. Mas, qualquer um que passa por preconceito pode prestar queixa… Mas graças a Deus, o caso está resolvido. A gente ainda vai fazer o B.O porque estava com agenda cheia esta semana”, explicou a artista.

A repercussão do caso, segundo ela, tomou proporções maiores do que o esperado:

“A coisa tomou uma proporção maior do que eu dei. A pessoa quis mais chamar atenção. Ele chegou a ligar para o meu empresário… Não me abala mais”, declarou.

A artista seguiu falando que sempre sofreu preconceito, e que descontava a raiva que sentia nas letras das músicas:

“Eu tive várias fases: quando criança eu chorava. Depois, adolescente, eu tinha muita raiva e colocava isso com todas as forças nas letras das minhas músicas. Agora que eu sou mãe dessa princesa [Sofia, de 6 anos], aí eu estou tranquila. Ela é superfirme naquilo que ela é”, completou.

Comentários