Celulares de Marilene Saade e Stênio Garcia passaram por manutenção antes do vazamento das fotos

Marilene Saade e Stênio Garcia na festa de 50 anos da Globo - Foto: Globo/ Paulo Belote

Marilene Saade e Stênio Garcia na festa de 50 anos da Globo – Foto: Globo/ Paulo Belote

Nesta quarta-feira (30/9), os nomes mais comentados nas redes sociais foram Marilene Saade e Stênio Garcia. Casados há 18 anos, eles tiveram sua intimidade revelada na internet. Fotos em que o casal aparece pelado diante do espelho foram divulgadas em redes sociais, WhatsApp e grupos de discussões na web, gerando o maior burburinho e dor de cabeça.

O casal foi até uma delegacia da Polícia Civil do Rio de Janeiro nesta quarta-feira, e os agentes que combatem crimes virtuais já estão investigando o caso. O advogado Ricardo Brajterman, que defende o casal, contou que seus clientes afirmaram que os aparelhos celulares passaram por lojas de assistência técnica recentemente.

Marilene Saade e Stênio Garcia na festa de 50 anos da Globo - Foto: Globo/ Paulo Belote

Marilene Saade e Stênio Garcia na festa de 50 anos da Globo – Foto: Globo/ Paulo Belote

“Os suspeitos vão ser chamados e, depois, o Stênio e a Marilene vão prestar depoimento quando forem convocados. Relatamos todos os lugares por onde os celulares passaram, locais onde os equipamentos ficaram longe do alcance deles”, disse Ricardo ao site EGO.

Em entrevista à revista Quem!, Stênio contou que não tem motivo para sentir vergonha pelos vazamentos das fotos, e ainda brincou dizendo que o único problema é não ter ganho nenhum dinheiro com as fotos.

“A gente brinca mesmo como todo casal saudável e não tenho problemas com isso. Estava com a minha mulher e não com a mulher de outra pessoa. Que problema tem isso? Não tenho motivo para ter vergonha”, disse o ator à publicação.

Ele continuou dizendo que não usa celular há anos, e que acha a invasão de privacidade horrível: “Não tenho celular há três anos por causa disso. Sempre brinco com a minha mulher. O problema foi que a Marilene registrou isso. Não tenho vergonha da nudez. Já fiquei nu várias vezes na TV e no teatro. O problema é que agora invadiram a minha privacidade. Isso é terrível! Espero que ela não tenha feito nenhum outro registro íntimo”, desabafou.

Aos 83 anos, ele contou que nem iria na delegacia se fosse apenas por ele, mas que sua mulher quer saber quem vazou os arquivos.

“Por mim eu nem iria, não tenho nada a esconder, ando vestido na rua, mas a minha mulher quer entrar na justiça e saber quem vazou essas fotos. O único problema nisso tudo é que eu poderia ter ganho dinheiro com isso, mas não ganhei. Tanta gente posa nu para revista e ganha com isso, mas eu não!”, brincou.

Em respeito ao casal, decidimos não publicar as fotos de Stênio e Marilene aqui.

Comentários