Resolvido o mistério do gato que apareceu a 17 mil quilômetros de distância de casa

Tigger se perdeu da família no dia de voltar para casa - Foto: Cats Protection/ Facebook

Tigger se perdeu da família no dia de voltar para casa – Foto: Cats Protection/ Facebook

O gato australiano Tigger foi dar uma voltinha pelas redondezas de casa e acabou virando notícia no mundo inteiro. O bichano, que é de Sydney (Austrália), foi encontrado na Irlanda do Norte. A jornada tem pelo menos 17 mil quilômetros.

Ninguém sabia como o bicho tinha ido tão longe. Recolhido pela Cats Protection, o animal foi encontrado no condado de Armagh, e apelidado inicialmente de Ozzie.

Tigger se perdeu da família no dia de voltar para casa - Foto: Cats Protection/ Facebook

Tigger se perdeu da família no dia de voltar para casa – Foto: Cats Protection/ Facebook

O gato foi levado pela instituição para receber os cuidados necessários, e lá os veterinários identificaram pelo chip subcutâneo que o gato se chamava Tigger, era mesmo de Sydney (Austrália), e tinha 25 anos (um recorde).

Neste final de semana, a organização usou o Facebook para explicar que resolveu o misterioso caso. Na verdade, Tigger não andou até lá. Ele se perdeu da família durante uma viagem para a Irlanda do Norte, no dia em que voltavam para a casa na Austrália.

Para resolver o mistério sobre a idade de Tigger, a Cats Protection entrou em contato com a empresa responsável pelo microchip. Ao rever os arquivos, a empresa descobriu que a idade foi inserida errada; Tigger é de 1999 [não de 1989, como constava no chip], tem 15 anos, e não 25.

O bichinho já está com os donos em Sidney.

Tigger se perdeu da família no dia de voltar para casa - Foto: Cats Protection/ Facebook

Tigger se perdeu da família no dia de voltar para casa – Foto: Cats Protection/ Facebook

Comentários