Débora Bloch revela já ter feito aborto: “É hipócrita fingir que não existe”

Débora Bloch na revista "Marie Claire" (Crédito: Daryan Dorneles/Marie Claire)

Débora Bloch na revista “Marie Claire” (Crédito: Daryan Dorneles/Marie Claire)

Débora Bloch fez uma revelação surpreendente em entrevista para a revista Marie Claire, na edição do mês de março, já que não costuma falar muito sobre sua vida pessoal. Ela contou que já realizou um aborto e que defende o direito de escolha da mulher.

“Quando tinha uns 20 anos, engravidei sem querer de um namorado e abortei. Meu ginecologista me indicou uma clínica. Não tive nenhum tipo de arrependimento depois. É hipócrita fingir que não existe porque não é legalizado, enquanto mulheres morrem em decorrência de abortos malfeitos”, declarou a atriz.

Aos 51 anos, ela está se preparando para voltar à TV, em Sete Vidas, essa que será sua décima segunda novela de sua carreira. Na nova trama de Lícia Manzo, Débora interpretará uma jornalista que dedicou a vida ao trabalho e que engravida após os 40 anos.

Assim como sua personagem, que se torna mãe mais tarde que o convencional, a atriz não se incomoda com a idade: “Tenho desejo, me sinto bem potente. Gosto quando vejo as mulheres da minha geração bonitas, bacanas, interessantes e desejáveis. Antigamente uma mulher de 50 anos ficava fazendo tricô. Pretendo fazer 60 na pista de dança, me divertindo”.

Solteira há dois anos, ela revelou temer a solidão, mas que se surpreende por estar bem sozinha atualmente: “Já tive momentos em que me senti só, mesmo não estando. Tenho meus amigos, filhos, livros, DVDs. Aliás, sou muito próxima dos meus filhos, e me tornar mãe foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida. Mas eles crescem e vão embora. Por isso, acho que a velhice solitária me assusta”.

Comentários