Ex-baterista do ‘Polegar’ revela não ter dinheiro para comer

Ricardo Costa, ex-Polegar, passa por sérios problemas financeiros / Créditos: Reprodução/Facebook

Ricardo Costa, ex-Polegar, passa por sérios problemas financeiros / Créditos: Reprodução/Facebook

Lembram dele? Ricardo Costa, que fez sucesso com a banda ‘Polegar’ nos anos 90, afirmou em entrevista ao colunista Leo Dias, do jornal O Dia, desta quarta-feira (23), que passa por sérios problemas financeiros.

“Eu me encontro numa situação de desespero. Estou longe da minha cidade, não tenho os meus pais vivos, estou afundado em dívidas e sem saber a quem recorrer. Devo R$ 45 mil de empréstimo ao banco, estou R$ 12 mil negativo, tenho duas pensões alimentícias em aberto desde dezembro, tenho as prestações do meu carro atrasadas que já somam R$ 50 mil, além do aluguel do meu restaurante em Mogi das Cruzes, que está atrasado há quatro meses”, disse.

Preocupado com sua situação, ele ainda contou para a publicação que há duas semanas colocou a palavra ‘luto’ no Facebook ao pensar em se matar.

“Coloquei aquilo ali como um anúncio, me vi sem saída e muito deprimido. Não quero me fazer de vítima, mas minha situação é crítica. Meu carro está em busca e apreensão e ainda posso ser preso por dever pensão alimentícia. Resolvi fazer um apelo no Facebook porque não tenho vergonha da minha situação. Mais ou menos 40 pessoas se ofereceram para me ajudar com doações que variam de R$ 30 a R$ 40. Não sei se minha atual situação é para que pague o sofrimento que causei a algumas mulheres no passado… Tenho tentado ser uma pessoa melhor. É difícil estar numa situação dessas, ainda mais que vim de uma carreira artística”, desabafou.

Antes do término da entrevista, Ricardo ainda falou sobre a mulher que o fez largar tudo em Mogi das Cruzes.

“Ficamos juntos por dois anos. Ela me ensinou muita coisa, mas me induziu a sair da minha cidade e vir tentar uma nova vida em Taubaté. Porém, chegando aqui, as coisas mudaram. Ela me deixou para ficar com uma pessoa que ela não gosta, mas que tem uma situação melhor que a minha”, encerrou.

Comentários