Maria Machadão ordena greve de sexo no Bataclã

Maria Machadão ordena greve de sexo no Bataclan - Reprodução/TV Globo

Convencido por Zarolha (Leona Cavalli), Ramiro Bastos (Antonio Fagundes) encontra uma saída de gênio para que as meninas de Maria Machadão (Ivete Sangalo) possam participar da procissão; greve de sexo.

No bordel, Ramiro explica a ideia: “Se eu permito as quenga de correr a procissão, me indisponho com os coronéis. Meus principais aliados na política”

LEIA MAIS: Sinhazinha sonha com beijo de doutor Osmundo
LEIA MAIS: Leona Cavalli revela tema de ensaio da “Playboy”

Maria Machadão pergunta como ele resolverá a questão:

“Quero que eles, os maridos, os coronéis, todos os homens dessa cidade, é que venham até mim, pedir de joelho pras quenga participarem da procissão. Greve das quengas. Mande todas fecharem as pernas. De Ilhéus até Itabuna!”, ordena o coronel.

A cafetina interrompe a música e anuncia a novidade na mesma noite aos clientes: “O Bataclã tá aberto. Podem beber. Podem dançar. Podem se divertir. Mas nem hoje, nem amanhã, quenga nenhuma vai subir pro quarto com vosmeces.”

“É greve! As quengas vão fechar as pernas hoje e só vão abrir no dia que puderem seguir a procissão. Até lá, ninguém aqui vai ter sexo!”, grita a dona do bordel.

A cena está prevista para ir ao ar nesta quarta-feira (27).

Comentários