Cidade de Minas serviu de cenário para “Se Eu Fechar os Olhos Agora”; veja fotos da minissérie

Inspirada na obra homônima do jornalista Edney Silvestre, a minissérie Se Eu Fechar os Olhos Agora teve as primeiras imagens oficiais liberadas nesta terça-feira (06/02).

Ainda sem data oficial de estreia, a trama se passa no Rio de Janeiro da década de 60, e conta a história dos amigos Paulo (João Gabriel D’Aleluia/Milton Gonçalves) e Eduardo (Xande Valois).

Já adolescentes, a dupla acaba sendo acusada de um crime que não cometeu ao encontrar o corpo da jovem Anita (Thainá Duarte) à margem de um lago.

Servindo de bode expiatório, os dois logo percebem que há mais coisa por trás da morte da garota, e que figuras importantes da sociedade de São Miguel, incluindo o prefeito Adriano Marques Torres (Murilo Benício), a primeira-dama Isabel (Débora Falabella), o empresário Geraldo Bastos (Gabriel Braga Nunes) e sua esposa Adalgisa (Mariana Ximenes), além do dentista e marido da vítima, Francisco (Renato Borghi), que mantinham relações obscuras e dúbias com Anita.

Eduardo (Xande Valois) e Paulo (João Gabriel D’Aleluia) – Foto: TV Globo/ Maurício Fidalgo

Por conta própria, os garotos iniciam uma perigosa investigação. No percurso, conhecem o enigmático Ubiratan (Antônio Fagundes), a quem pedem ajuda.

Com o passar do tempo, outros assassinatos acontecem, e o trio corre para esclarecer os crimes antes de se tornarem as próximas vítimas.

A jornada para descobrir os motivos pelos quais Anita foi morta será um caminho sem volta de amadurecimento para os garotos.

Cidade de Minas Gerais servirá de cenário

A locação escolhida para ambientar a fictícia São Miguel foi a cidade de Catas Altas, no interior de Minas Gerais. Com sua arquitetura colonial, o local tornou-se cenário perfeito para a trama.

Em novembro, aproximadamente 100 profissionais saíram do Rio de Janeiro rumo à cidade mineira para o início das gravações da minissérie.

O pequeno município de 5.300 habitantes teve sua rotina modificada durante três semanas, no final do ano passado, quando foram feitas sequências no centro da cidade. Alguns dos moradores, inclusive, foram selecionados e participaram como figurantes em diversas cenas – uma delas, gravada em frente à Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, contou com 200 moradores locais. No início de janeiro, os trabalhos em Catas Altas foram retomados, desta vez, em locações como o Santuário do Caraça e a Chapada do Canga.

Após a gravação das primeiras cenas, a equipe e elenco já retornaram ao Rio de Janeiro e agora estão gravando em locações externas.

Trama cheia de segredos

Ao falar sobre a adaptação de Se Eu Fechar os Olhos Agora, o autor Ricardo Linhares contou que se trata de uma história fundamentada nos segredos das pessoas.

“A trama trata da dificuldade dos relacionamentos amorosos, familiares e sociais, e dos segredos que cada um esconde para representar o seu papel na comunidade. São Miguel é um microcosmo do Brasil, das relações de poder e opressão, como a tirania do patriarcado, que tentava cercear a liberdade das mulheres”, definiu.

Responsável pela direção artística, Carlos Manga Jr. adiantou que ninguém é o que parece ser na história: “Essa é uma história em que, no fundo, ninguém é o que aparenta”, adiantou.

No elenco estão Antônio Fagundes, Débora Falabella, Murilo Benício, Mariana Ximenes, Gabriel Braga Nunes, Thainá Duarte, Xande Valois, João Grabriel D’Aleluia, Milton Gonçalves, Renato Borghi, Jonas Bloch, Enzo Romani, Betty Faria, Antônio Grassi, Paulo Rocha, Eike Duarte, Lidi Lisboa, Vitor Thiré, Gabriel Falcão, Marcela Fetter, Leonardo Machado e Martha Nowill, entre outros.